quinta-feira, dezembro 30

Eu também passo a virada de ano na praia, pulo as ondas com um certo ceticismo, mas já que estou lá, por que não? Roupa intima vermelha eu não quero mais, porque na minha inocência eu pensei que vermelho trazia sexo e não paixão e eu já gastei minhas cotas de paixão nesse ano. Na verdade eu gosto de acreditar que as coisas ruins acumuladas em um ano passem imediatamente depois da contagem regressiva. E eis que me pego hoje, dia trinta de dezembro, de férias, naquele dia que deveria ser o último rolê do ano, vendo aquela maldita retrospectiva sensacionalista da globo e poxa, nada passa de um ano para o outro, então, realmente eu pulo as ondas por pular, porque acho divertido, porque na verdade eu acabo me molhando inteira e coisa e tal.

que 2011 seja mais legal que 2010

terça-feira, dezembro 28

post reveillon

reveillon na praia
no dia 31 praticamente todo ano pois tem que ser praticamente todo ano porque eu sou muito muito viciada em ir pra praia na virada então eu encho o saco de todo mundo pra gente ir. - voltando - no dia 31 de praticamente todo ano eu passo com a minha família todos comendo e conversando coisas: coisas que eu não lembro mas trivialidades uns tiram sarro de coisas bestas mas todo mundo ri em geral todo mundo está feliz aí depois de comer nós vamos praticamente em 90% dos familiares presentes em direção à praia aí tem um detalhe importante: o espumante geralmente o meu pai leva aí a gente segue tem um monte de gente pelo caminho e a gente atravessa a pista ali perto da casa dos meus tios e atravessando a gente encontra sempre uns carros que buzinam então a gente grita FELIZ ANO NOVO eles seguem o caminho deles e a gente segue o nosso, aí então a gente chega na praia é bem rapidinho porque é pertinho e aí fica todo mundo na praia aqueles moleques com as correntinhas que piscam coloridas todo mundo de branco e mulheres de roupa íntima de cores pra dar sorte, então a gente decide o lado "qual lado estará melhor esse ano?" aí uns viram prum lado e outros pro outro mas têm fogos dos dois lados então claro tem a contagem regressiva e os pés na areia sempre do dez nove oito sete seis cinco quatro três dois uuummm feliz anoo nooovooo aí é uma beijação, abraços, conversas e sorrisos pra estranhos então eu vou lá pular as ondinhas ano passado eu pulei quinze dando as mãos pra uma prima de cada lado e claro no ano retrasado eu pulei quinze também sabe por quê? não vá me dizer que é um crime pular quinze, eu sei que são sete mas eu pulei pelo meu namorado porque ele é paulista tadinho e não sabe o que é passar virada na praia! entende? então naquele ano eu pulei quinze por ele na verdade o dobro mais um porque eu não acho que catorze é um número de sorte e ele enfim, ainda não era meu namorado e passei de roupa íntima vermelha e consegui um namorado isso é uma coisa meio secreta pra se dizer pro mundo não é? mas foi então eu digo pra quem quiser arranjar namorado passar de roupa íntima vermelha funcionou comigo se não funcionar seu dinheiro de volta não dá porque a pernambucanas não troca roupa íntima

sábado, dezembro 11

Era mais fácil eu chegar na prova que o Tocqueville ficou de queixo caido quando viu como a democracia parecia uma coisa linda e maravilhosa nos Estados Unidos, enquanto na frança foi preciso cortar as cabeças de muita gente, mas que mesmo assim é bom tomar cuidado pro povão não chegar no poder, muito menos que o poder ficasse nas mãos de um só truta. Também diria que o Burke era o mais otário de todos, que pensava que o papai do céu era justo e fazia algumas pessoas nascerem pobre e outras ricas, algumas inteligentes e outras burras, e que o REI deveria governar para sempre, mas com uns gatos pingados do parlamento controlando tudo para que a orgia que foi a revolução francesa não se repetisse na gloriosa Inglaterra. E aí por último tem o frustrado na vida pessoal, porém muito intelectual, Stuart Mill, que queria que a galere toda pudesse votar e que o Estado saísse distribuindo dinheiro, para no fim das contas tudo ficar exatamente igual.

Eu achei isso bem esclarecedor, pena que nesse mundo maldito, essa minha resposta não vai valer nem um 5.

terça-feira, novembro 30

eu quero novidades

Fui lá renovar minha matrícula e vi um número "3", aí que percebi que o 2º ano praticamente já acabou, e passou voando assim como o 1º e sinceramente, eu preferia estar vivendo há um ano atrás, porque à essa hora estariamos sentadas na mesa do bar meio que estar atoa sem estar, as coisas precisavam ser feitas, mas a gente não se importava. Agora ficamos em casa sem fazer nada, para conseguir obter uns 5 porcento de concentração e no fim das contas não conseguimos fazer nada antes da tão famosa "última hora". Eu poderia estar me divertindo esperando essa hora chegar, mas realmente tudo parece sem graça agora, e por mais convidativo que uma cerveja seja nesse dia de calor, eu estou aqui. Aqueles dias em que todas as pessoas estavam dispostas não existem mais. Porque a preocupação agora é outra, terminar o 2º ano deve significar alguma coisa que eu ainda não consegui compreender bem. Eu deveria saber sobre muitas coisas, mas pouco me importa se nada mais é novo, a verdade é que eu queria aproveitar a minha tarde fazendo qualquer coisa, menos remoer lembranças e procurar achar soluções para problemas como mudar de casa e falta de dinheiro.

sexta-feira, novembro 5

oi dia! Adoro novembro!

Adoro novembro!
Novembro é doce, é curto, é sol, é curtição! 
Sempre gostei de novembro.
Uma vez perguntei a minha mãe se meu aniversário era todo dia 20 de todo mês.
Adoro novembro!
Novembro é mês de feriados e semana do saco cheio!
Adoro novembro!
Novembro é mês de todas as provas possíveis e estresse e encheção de saco!
Mas não importa!
Adoro novembro!

terça-feira, outubro 19

Esse vai ser o único post eleitoral

Estava aqui pensando com meus botões e cheguei a conclusão que muitas pessoas são muito bundonas. Vejo muitas pessoas com medo que o Mr Burns José Serra seja presidente. Então, essas pessoas sabem claramente o que elas não querem, mas o máximo que elas podem fazer sobre isso é absolutamente nada, porque em algum momento e por alguma razão (que não é ideologica) resolveram anular seu voto. Para mim isso é o ápice do comodismo, eu acho que consigo até respeitar mais o cara da academia, homofobico e racista que vota no Serra e fica enchendo o saco de todo mundo com isso, ao menos ele acha de verdade que o voto dele é o melhor pra ele e provavelmente sua familia, com seu puta carro e o seu nike shox. Eu não entendo o porque de terem tanto medo de se posicionar.
Porque, além disso, eu cansei dos LGBT's que só querem exclusivamente saber da sua própria causa, eu também quero casar algum dia, e principalmente que a homofobia seja criminalizada, mas eu não sou cega e consigo enxergar as outras coisas que foram e precisam ser melhoradas. Porque eu, sinceramente, cansei de dar a cara a tapa e me sentir marginalizada, mas sei que mesmo sendo pouco, quando é que houve mais andamento nas minhas causas, e para vocês lgbt's que estão se mordendo de raiva por causa de uma assinatura de um acordo aí, acho que existem coisas que são piores :

Como o apoio desse cara ao outro candidato.P.S: Descrença é uma merda
P.S 2 : Se você se ofender com isso, é um sinal para se acomodar menos
P.S 3 : Hoje tô muito brava graças ao cara escroto da academia, mais um homofóbico eleitor do Serra
P.S 4 : Não to falando que todo mundo que vota no Serra odeia homossexuai, até porque vários amigos gays hypes e ricos votam.

quinta-feira, setembro 30

30/09: Foto

Eu achei essa foto totalmente do nada numa pesquisa no google que não procurava por pessoas idosas nuas mas já que ela veio como um sinal eu tinha que postar aqui. Ela poderia receber vários adjetivos mas se eu ficar olhando pra ela por muito tempo eu nem sei mais o que dizer.

quarta-feira, setembro 29

Nessas últimas semanas estou com aquelas piras de me perguntar, seriamente, qual que é a dessas pessoas. Eu paro para pensar e chego a conclusão de que me rodeio de pessoas doidas, insanas, problemáticas e compulsivas, a começar por mim mesma, talvez. Não sei, parece que desde que eu me conheço por gente essas coisas me acontecem, mas agora chegou num grau maior. Eu sei que essa coisa de normalidade não existe, de qualquer forma eu não sou chegada nas pessoas comuns e caretas, mas são muitas improbabilidades que aparecem na minha vida. Tem coisas sobre mim que acho super normais, mas que todo mundo encara com uma estranheza, qual que é a desse povo?
Eu sempre quis dizer aqui nesse blog, outrora tão escolar, que eu tenho um vibrador e que isso me deixa feliz, e que apesar disso, eu não sou uma ninfomaniaca.

Obrigada.

terça-feira, setembro 28

segunda-feira, setembro 27

Filme Cult

Afinal, que é um filme cult? Segundo a mãe dos burros da internet, a tia Wikipédia (velha mania de chamar coisas de tio/tia):

filmes que agregam grupos de fãs devotos, mas que não alcançam uma fama e reconhecimento considerável [...] Geralmente são filmes de conteúdo original, e de roteiro também original, que tentam passar uma mensagem inovadora, muitas vezes de forma subliminar, de múltipla interpretação e de difícil compreensão pelo grande público (habituado a visões mais convencionais da realidade). Por assim ser, geralmente são enquadrados em filmes alternativos, filmes B e undergrounds*
* é por isso que eu digo que o cara mais underground que eu conheço é o diabo!

Eu tenho uma outra definição pra filme cult - são os filmes que indicam pra gente (pessoas que gostam de filmes B e undergrounds) e a gente assiste crente que vai abalar e na verdade não entende lhufas porque a compreensão está longe de chegar até ele... Uma definição melhor ainda é "filme cult é aquele filme que sua mãe vai assistir, vai se entendiar e não vai entender nada". Eu assisti ontem Eu sei que vou te amar. Fernanda linda, Thales lindo também, mas eu não entendi nada e não vou ficar aqui pagando de entendida ehhe

Filmes

Brilho eterno de uma mente sem lembranças - EP, GN
Volver - EP, NG
Foi apenas um sonho - EP, NG
A menina no país das maravilhas - EP, NG


LEGENDA:
EP - entendi pouco
NEN - não entendi nada
GM - gostei muito
GN - gostei normal
NG - não gostei

Sei que desvirtuei um pouco
ah foi só pra exemplificar
e deixar arquivado no acordadas.blogspot
esse blog lindo que em 20/09 completou 2 anos!!!

sexta-feira, setembro 24

e eles teriam uma linda história de amor
se não fosse eu ter ido lá e tocado fogo na cabana

domingo, setembro 5

...

Eu pensei que ia morrer sem ouvir Justin Bieber, mas ontem percebi que já tinha ouvido trocentas vezes sem saber a musica chiclete mór "Baby". Aí fiquei indignada, como alguém de 16 anos canta uma musica com o seguinte trecho:

"You are my love, You are my heart
And we will never ever-ever be apart"

Quando eu tinha 16 (e foi ontem) eu não pensava em um "amor para a vida toda", e acho difícil achar alguém que pense, mas a galerinha canta e acha muuuuuuuuuuito bonito.
Eu sei que não sou o melhor exemplo para falar dessas músicas, porque vou na "baladenha' e danço até Pussycat dolls, mas não sei se é pior falar de ralar o bumbum ou de amor adolescente que era para durar a vida inteira e comprar a "mina" com um anel:

"And I wanna play it cool, Girl I'm losing you
I'll buy you anything, ill buy you any ring "



E para um momento de descontração, porque nem tudo é só critica e seriedade, vai um site muito interessante, no qual já passei longos minutos observando:



quarta-feira, setembro 1

Ps. Em 20/09/2010 o acordadas faz dois anos, Lãri.
Dessa vez a gente não pode esquecer do bolo!!!

Pra terminar a tríade - Audioteca Sal & Luz

Audioteca Sal & Luz: Meus olhos são seus olhos

Porque a Lãri tem mania de ter uns questionamentos fantásticos por aqui - mesmo estando meio afastada :( - e acho que está na minha vez de refletir sobre algo sério, talvez. Bom, faz parte do meu show.
A Audioteca Sal & Luz é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que produz e empresta livros falados (audiolivros) para pessoas cegas ou com deficiência visual, em todo o território nacional, de forma gratuita.
Confira o trabalho brilhante em: http://audioteca.org.br/audioteca.htm

Vídeo.



Off
Bom, eu não sei muito o que refletir aqui. Só que o trabalho é digno. Só essa palavra define. Sim. Ou melhor, MUITO MAIS! Por que eu nunca ouvi falar disso na tv, gente? Porque eu sei a nova música da Lady Gaga (até gosto) mas não sei que algo do tipo existe? Algo que tem inclusive a ver com a minha profissão? (Sim, vou misturar tudo aqui, isso não é um artigo, isso é um blog). Que uma organização desse tipo merece destaque de capa em revista de cidade. E não um texto de dez linhas num cantinho de "Acontece na cidade". Não sei estou confundindo. Acho a coisa mais absurdamente ridícula do mundo aquele povo feio e com dinheiro que aparece na coluna social da revista, sorrindo, fazendo a íntima (A Gabi sabe, a Iru sabe... Já reclamei INÚMERAS VEZES...) Pessoas do Brasil - atenção, isso é ridículo. As pessoas dão valor pra coisas que não merecem. E organizações dessas a gente só vê de vez em nunca aparecendo por aí. Não, não adianta também dizer que se emociona com esse tipo de coisa. Não se você só pensa em batons e esmaltes novos. Não. Isso está errado. Estamos todos errados, gente. Reflitam comigo.

(o conto mais curto do mundo?)

Bom, o outro post foi mais off.

Vamos falar de coisa diferente.
Da coisa mágica que é se interpretar frase, algum texto, algum livro do nosso próprio jeito!
Fonte: http://bibliofilmes.blogspot.com/

O tal conto (o mais curto do mundo?) linda e surpreendentemente demonstrado
em diversas e diversas versões

Cuando despertó, el dinosaurio todavía estaba allí

(Quando ele acordou, o dinossauro ainda estava lá)

Quem gosta de ler faz letras - Reflexão 1

Bom, eu sou aluna de Biblioteconomia e Ciência da Informação da UFSCar, e como não podia deixar de ser, nada melhor do que enaltecer o meu curso e a minha profissão a partir da ferramenta mais utilizada por mim (depois do orkut) desde... 2008? Hum... E claro, não há ocasião melhor do que uma tarefa de uma das disciplinas do curso. Então... let's go! Quem sabe a Larissa não se anima também e posta algo aqui pra que no mínimo eu possa saber mais sobre a profissão de cientista social, né. Porque eu ainda estou naquela comunidade não sei explicar meu trabalho, Bjs.

Vou tentar explicar meu trabalho. Ao som de Mallu Magalhães. Foi!
1 2 3... GO!

Veja bem, eu faço Biblioteconomia. Mas não, eu não fico só em bibliotecas. Mas eu sou uma bibliotecária, entende? Habilitada pra inclusive colocar livro na estante. Isso mesmo. Tirar e por, por e tirar. Livro é uma coisa muito legal, aliás. Mas não é só isso. Uma biblioteca é muito mais que livro. É pessoas interessadas e necessidades diferentes. Não é só ler. Em tempos de web 2.0 é informação até elas na casa delas e não ela indo até a informação. Não basta gostar de ler pra fazer um curso desses. Quem gosta de ler faz letras. Mas é bom gostar de ler, é bom gostar de ler pra qualquer coisa na vida, não é? É bom saber, também. É não ter preconceitos. Quem vir até mim querendo Sidney Sheldon eu tiro da estante. Quem vir até mim querendo cotação do dólar eu tiro da internet. Quem vir até mim querendo saber qual o número do Seu João da Quitanda procuro na lista. Mas não é isso, também. Não é ser responde dúvidas, não somos o Google - somos google também. É informação e não somente. Informação.... Google?

Com vocês o link com a verdade por detrás do google. VALE A PENA SABER!!!
http://www.insideyoursearch.com/

quarta-feira, agosto 25

Four, tres, two, uno - Fergalicious!



A Fergie tem uma música que diz que ela é deliciosa e nem foi feita por ela, mas pra ela. Tá aí a fina diferença entre ela e a Mulher-todas-as-frutas-da-horta-do-Zé que têm por aí. Bjs.

Eu nem sei por quê ando escrevendo esses posts com fotos.
Nunca fui disso!

terça-feira, agosto 24

E aqui vão os meus comentários pessoais sobre a lista sincera das coisas que dão prazer na vida da Lãri, porque muitas também me dão prazer, tirando as coisas óbvias como comer e sexo:

- Tomar um refrigerante num dia quente (A Lãri gosta de Tubaína)
- Tomar uma cerveja num dia quente (Ela gosta de cerveja eu não gosto de cerveja. Fui escrever cerveja escrevi cerva agora eu entendi o por quê desse apelidinho carinhoso)
- Bar em dia/noite de chuva (eu não entendi qual a graça de um bar lamacento já que é chuva mas a Lãri tem seus motivos, obviamente fazendo muito sentido)
- Ficar parada em baixo do ventilador (num dia quente)
- Ver fotos velhas (de preferência em papel, né?)
- Festinha com musica boa (Gal? Oi?)
- Nadar, piscina, rio e de preferência, mar (Ita? ounnnn)
- O cansaço depois de passar o dia nadando (e comer aquela macarronada se for domingo)
- Tirar a areia da calcinha na ducha depois de ficar na praia (eu não vou à praia de calcinha, rs)
- Cozinhar num lugar limpo e espaçoso (e com várias opções de elementos para compor um prato especial... hummm)
- Cheiro de manjericão fresco (e de coentro!)
- Céu estrelado (e lua bonita!)
- Videos idiotas no youtube (quando não se está no estágio e se é obrigado a assisti-los no mudo!)
- Bons filmes e bons livros (absolutamente)
- Carnaval

Quem é você?
Adivinhe, se gosta de mim
Hoje os dois mascarados
Procuram os seus namorados
Perguntando assim:
Quem é você, diga logo
Que eu quero saber o seu jogo
Que eu quero morrer no seu bloco
Que eu quero me arder no seu fogo

Eu sou seresteiro
Poeta e cantor
O meu tempo inteiro
Só zombo do amor
Eu tenho um pandeiro
Só quero violão
Eu nado em dinheiro
Não tenho um tostão
Fui porta-estandarte
Não sei mais dançar
Eu, modéstia à parte
Nasci pra sambar
Eu sou tão menina
Meu tempo passou
Eu sou Colombina
Eu sou Pierrot

Mas é carnaval
Não me diga mais quem é você
Amanhã, tudo volta ao normal
Deixe a festa acabar
Deixe o barco correr
Deixe o dia raiar
Que hoje eu sou
Da maneira que você me quer
O que você pedir
Eu lhe dou
Seja você quem for
Seja o que Deus quiser
Seja você quem for
Seja o que Deus quiser

Noite dos mascarados
Chico - 1966

- Ano novo (CIDRA!)
- Aniversário =D

domingo, agosto 22

Aqui vai uma lista sincera das coisas que me dão prazer na vida, tirando as coisas óbvias como comer e sexo:

- Tomar um refrigerante num dia quente
- Tomar uma cerveja num dia quente
- Bar em dia/noite de chuva
- Ficar parada em baixo do ventilador
- Ver fotos velhas
- Festinha com musica boa
- Nadar, piscina, rio e de preferência, mar
- O cansaço depois de passar o dia nadando
- Tirar a areia da calcinha na ducha depois de ficar na praia
- Cozinhar num lugar limpo e espaçoso
- Cheiro de manjericão fresco
- Céu estrelado
- Videos idiotas no youtube
- Bons filmes e bons livros
- Carnaval
- Ano novo
- Aniversário


Essas são as coisas que fazem eu continuar com essa existência imbecil. Agora fico com o céu estrelado e os videos idiotas do youtube.

terça-feira, agosto 17

quinta-feira, agosto 12

Só entrei pra postar...

... que eu sempre alimento nossos peixes!

(Quase 300posts de puro romance, terror, suspense e fantasia nesse blog!)

segunda-feira, agosto 9


Eu não costumo ser íntima nos posts como a Larissa é íntima nos posts e eu acho isso muito produtivo e contribui para a construção de uma personalidade para o blog. Hoje eu decidi ser íntima e falar de mim. Hoje eu não estou triste. Mas também não estou feliz. Estou magoada e com saudades de tudo e de todos. Não sei se às vezes é melhor ir pra casa e enfrentar 300km para ver todos e voltar pior ou nem ir e ficar reclamando por aqui. Com o namorado é a mesma coisa. Nunca é tempo o suficiente, dá uma tristeza que demora uma semana de atividades na faculdade pra acalmar. Falando em faculdade, esse é um bom motivo para se estar esgotada sem nem mesmo se estar esgotada: hoje as aulas recomeçam. E fala sério, mesmo que eu queira estar onde estou, tem vezes que ir pra aula e aguentar professor é um saco. Fala sério. E como ando improdutiva. DEUS! Improdutividade é meu sobrenome. Lembrando que meu nome é Preguiça. Preguiça master. Antes eu queria que o fim de ano chegasse logo? Pra quê? Pra quinze dias de férias e depois voltar de novo? Ou eu quero já o fim do curso? Pra quê? Se eu não sei o que fazer depois dele? A dúvida continua. Ela sempre existiu... Ela nos ronda e está a espreita enquanto você se cobre com seu cobertor. Quando você menos esperar e ela te pegar desprevinido, a pontinha do pé pra fora... ELA VAI LÁ E NHOC!

feliz dia dos pais de ontem

Um feliz dia dos pais atrasado só porque eu achei essa foto e achei bonitinha e vim postar em homenagem a todos os pais dignos com uma família digna e feliz e unida como o MISTER CORLEONE, uma pessoa digna, que vai te fazer uma proposta irrecusável logo logo logo.

domingo, agosto 8

domingo - fim de férias

Eu lembro quando eu tava da 8ª série até o 2º ano, eu acordava mais cedo para arrumar o cabelo, eu fazia escova na franja e inisitia em dividir o cabelo numa linha reta. Também passava maquiagem nos olhos. Hoje eu já não vejo sentido nenhum em acordar mais cedo para isso, hoje já não tenho muito cabelo para dividir , ainda bem!
Escrevo sobre isso porque amanhã começa o semestre, e eu nunca estive tão sem ânimo, porque convenhamos, chega uma hora que a percepçãod e certas coisas é inevitavel, e eu não sou o tipo que gosta de estudar, na verdade, como diriam muitas pessoas que me conhecem, eu não gosto é de nada, ta aí uma boa verdade! Acho que poderiam me deixar uma ilha tipo a da lágoa azul, com uma fartura de frutas e água potável , com mais umas 5 pessoas queridas e outras 20 bem malucas, e lá eu viveria por alguns anos, mas como não dá, a gente vai empurrando tudo com a barriga, se diverte um tanto, fica triste um tanto, depois fica alegre de novo. Tem dias que a gente só ouve Bethânia, em outros diverte-se dançando Lady Gaga. Falamos besteira e nos ferramos, mas depois já voltamos a gostar, ou gostamos de outras pessoas, e a gente imagina um dia dividir a vida com qualquer pessoa e morar numa casinha bonitinha com as crianças correndo sem parar. Mas isso é só um devaneio de alguém que odeia estudar.

Boas aulas, galere.

quinta-feira, agosto 5

Tô estressada

O dia tá lindo, e eu tenho que ficar em casa esperando as compras e fazendo esse trabalho muito chato, que tive bem uns 3 (TRÊS) meses para fazer. Então, estou aqui mais uma vez expremendo meu cerebro para simplesmente copiar o que o autor já disse e que a gente já cansou e saber. E depois de longos 5 minutos, a única coisa que consegui escrever foi:

"Nesse capítulo , o autor faz uma diferenciação entre a antropologia física e a cultural, a física engloba a biologia humana, ou seja, diferenças raciais, crescimento e desenvolvimento do organismo e as influências do meio natural sobre o ser humano. Já a antropologia cultural, estuda a maneira que o ser humano sobrevive ao meio natural e o ambiente social, e ainda o aprendizado e a transmissão dos costumes, em resumo, estuda todo o comportamento aprendido.
"

Cheguei ao ponto de estar nem aí se usei a palavra "humano" mais de uma vez. O que não faz sentido pra mim, são esses trabalhos. Afinal o nome já diz antropologia fisica E cultural, então, por que eu tenho que explicar uma diferença tão óbvia entre as duas?

quarta-feira, agosto 4

DUETO (Chico)

Consta
nos astros
nos signos
nos búzios

Eu li
num anúncio
eu vi
no espelho
tá lá
no evangelho
garantem
os orixás


Serás o meu amor serás a minha paz

Consta
nos autos
nas bulas
nos dogmas
Eu fiz
uma tese
eu li
num tratado
está
computado
nos dados oficiais

Serás o meu amor serás a minha paz

Mas se a ciência provar o contrário?
e se o calendário nos contrariar?

Mas se o destino insistir em nos separar?

Danem-se
os astros
os autos
os signos
os dogmas
os búzios
as bulas
anúncios
tratados
ciganas
projetos
profetas
sinopses
espelhos
conselhos
Se dane o evangelho
e todos os orixás

Serás o meu amor, serás, amor, a minha paz

Consta
na pauta
no Karma
na carne
passou
na novela
Está
no seguro
pixaram
no muro
mandei
fazer um cartaz

Serás o meu amor serás a minha paz

Consta
nos mapas
nos lábios
nos lápis
Consta
nos Ovnis
no Pravda
na Vodca

terça-feira, agosto 3

Não, meu bem. Sua delicadeza não convence, a minha delicadeza não convence, e se ela ou ela não tem aquela foto bege tirada em 1970 tratada 8977 vezes no photoshop também não tem uma delicadeza que convence. NEM ELA! Minha mãe tem uma foto tirada em 1970 lindíssima na praia toda blasé e nem a delicadeza dela convence! E ela estava linda! Nem Agnetha Fältskog do alto do seu rostinho meigo (e loiro. Loiro!) tinha uma delicadeza que não convence. Brigitte Bardot não convence. Porque nenhuma delicadeza convence. Nem delicadeza nem poemas. Não, você não é poeta, não é artista, não é inventiva o bastante. Nem você. Você e você. Lo sinto. Como diz meu grande amigo Du: a vida é um trem que não apita na curva e não avisa ninguém. Entendam como quiser. A delicadeza de todos vocês também não convence. Seus indelicados.

sexta-feira, julho 16

Me calo

Eu sei que o papo da televisão muitas vezes influenciar negativamente pode ser um saco, mas eu não tenho uma televisão em casa, o que acho uma pena, e quando assisto qualquer coisa fico chocada.

Se as crianças assistem novela, e na novela o cara da uma porrada para resolver os problemas, como dar uma bronca se uma dessas crianças reproduz isso com a/o irmã/o ? Não sou daquelas que acha que por caus disso a criança irá ser assassina ou algo do tipo, mas acho hipocrisia da uma bronca se a criança está assistindo aquilo todos os dias na televisão.

domingo, julho 11

Não tenho paciência

Não gosto de Chaves, de CQC ou Pânico na Tv, também não acho graça na tal de Irmã Selma, ultimamente posso dizer que odeio piadas, principalmente se forem racistas ou sexistas. Não gosto de idolatria, de gente que idolatra Jesus, Beatles ou Lady Gaga, coisas intelectuais demais me irritam, gente acomodada também. Não consigo ver noticia de assassinato de ex namorada de jogador de futebol sem ficar com muita raiva do mundo em que vivo, agora tenho medo de descer a minha rua sozinha às 4 da manhã e não vi nada demais no "Apanhador no campo de centeio", Chico Buarque já conseguiu encher meu saco, não consigo ficar uma semana em Itanhaém sem entrar em total desepero, não entendo pessoas que são amigas de todas.

tenho 18 anos, estou velha, cansada e sem paciência.

terça-feira, junho 29

Querides,

Esses dias eu tive duas tristes constatações, tenho dezoito anos e já digo "na minha época..." e as coisas são muito caras. Descobri as duas coisas ao mesmo tempo, quando minha mãe voltou da padaria e disse que havia gastado R$ 5,00 comprando 10 pães, então eu pensei e disse:
- Na minha época, com R$ 5,00 eu comprava CINQUENTA pães.
Usando essa lógica, do pãozinho por 10 centavos, para compra os 10 pães, gastaria apenas um real. Lembro-me de que ia até a padaria de bicicleta com 40 centavos e já tinha o lanche da tarde e o café da manhã, e isso nem faz tanto tempo assim.

quinta-feira, junho 24

chatice acadêmica

Após um dia inteiro dedicado à um trabalho, penso que ele poderia ter ficado melhor, mas eu realmente fiz aquela coisa chata, que eu detesto, chamada de "100% de dedicação". Chego a conclusão de que fiquei o dia inteiro para concluir algo que já havia concluido há tempos e que muitas vezes, me parece muito óbvia. Eis a conclusão de um trabalho de três páginas, que me custou a paciência:

"(...)Por fim, acreditava que as sociedades ditas primitivas eram a infância da sociedade européia da época, essas sociedades foram evoluindo e chegaram ao estado civilizado. Hoje em dia essas idéias ainda são aceitas. Acredita-se que ainda existam grupos que não são evoluídos por não compartilharem os mesmos costumes. Isso justifica e justificou ações ditas civilizatórias , que causaram a destruição de muitos grupos e suas culturas. A intenção de Morgan ao classificar os períodos étnicos pode ter sido meramente metodológica, mas a aceitação das ideias de evolucionismo social pode ser algo perigoso."

Só não sei se o mais chato é chegar a conclusões óbvias, ou formatar as ditas cujas conforme as normas da abnt.

quarta-feira, junho 16

Agora um pequeno post pra dizer que a Helena Bonham Carter está um LUSHÖ de rainha vermelha, divina! Ela combina com papel de má, né? E o elenco Harry Potter não pára - o glorioso prof Snape (Alan Rickman) dá o ar da sua graça, ou melhor, o tom da sua voz pra lagarta gosmenta e gordinha de Alice. Filme digno. Se não fosse eu não falava, hein.
Tô com cólicas, sem saco, sem saco de novo por causa do fim de semestre e a iminência de provas estúpidas só para nos atormentarem, enfu: meu humor tá nesse naipe ó... de copas, be


CORTEM AS CABEÇAS!!!

terça-feira, junho 15

porra

Quando paro para pensar, me dou conta de que meu ano tá todo cagado, não começou bem, continuou não indo bem e com certeza terminará cagado. Perco eventos, palestras, festas, pessoas e diversão. Perco alguns meses desse ano que era para ser muito bom, vejo as coisas passando e eu aqui, em Itanhaém, vendo somente as folhas passando.

domingo, junho 6

inutil

Fui limpar meu histórico de pesquisas do google, aí quando tava na metade, resolvi postar aqui o que encontrava, pena que deletei várias coisas antes de ter a idéia.

-Lady Gaga
-Receita vinho quente
-Receita quentão
-Abiosorvente
-Receita coxinha de jaca
-Centopéia (?)
-Palmito (?)
-Larissa Ladalardo (eu mesma)
-Salgadinhos vegetarianos (super gulosa)
-Dancing queen (!!)
-Samosas (mais comida)
-Portal Organico (tentativa de ser saudável)
-Restaurantes Vegetarianos SP (mais comida)
-Cinemar (O GRANDIOSO cinema de itanhaém)
-Restaurantes Vegetarianos Santos (ok, tá muita comida já)
-Gelatina agar agar (to ficando com ânsia de ver tanta comida no histórico)
-Empregos Marília (acho que esse foi minha mãe procurando para realizar o sonho de me perseguir por onde eu for)
-Meat is murder (um pouco de smiths nunca é ruim)
-Merengue com banana (!)
-Rebel Rebel (Bowie também é sempre bom)
-The only living boy in new york (mais música)
-Torta de escarola
-Meninas que se beijaram e acabaram na delegacia (tava procurando a noticia, se informar nunca é demais, né gente?)
-Almondegas de soja
-Apple (eu sempre tenho esperanças de ter um ipod)
-Brian Molko (HAHAH)
-Arco Iris
-Dicionário espanhol
-Dicionário inglês
-Dicionário francês
-Dont try suicide (um pouco de dyke music para iniciantes, tipo eu)
-Estão podres as palavras - de passarem por sórdidas mentiras de canalhas que as usam ao revés como o carácter deles (poético, não lembro de ter pesquisado isso, mas tudo bem)
-Expresso Prata (querida viação que faz o adoravel trajeto enorme de 10 horas entre Marília e Praia Grande)
-Receita federal (???)
-Fallacy law and order SVU (série policial faz bem às vezes)
-For the bibble tells me so (filme muito bom)
-Futebol dos filosofos (Um pouco de humor)
-M.I.A
-House 6x10 download
-House 6x11 download
-House 6x13
-I'm a lumberjack (tava me sentindo meio lenhadora)
-Ipod nano (falei que quero um ipod)
-Lendo Lolita em Teerã (me interessei por esse best seller)
-Lhama (!)
-Mestrado direito do trabalho (eu tô só na graduação e nem quero estudar isso, hahah)
-Mrs Dalloway
-Monica Bellucci (linda)
-The Gossip (mais musica)
-Desciclopédia (hehe)
-I have a dream (me too)

como sou inútil e fútil.

sexta-feira, junho 4

quase inverno

Nesse frio eu fico mais antissocial do que o de costume, preferi ficar em casa comendo a minha pizza de alho e ouvindo musicas do que tentar qualquer tipo de contato com pessoas que não sejam monossilábicas. Tô tão feliz e viva, que agora entendo o porque do Durkheim querido afirmar que as pessoas se suicidam mais no verão!

sábado, maio 29

Acabei de me dar conta que não possuo nenhum conhecimento acerca de nada. É, não sei quais filmes são cults, há muito deixei de entender 0,00000000001% de literatura. Música também não, acho que nada de Belas Artes, não tenho conhecimento de nada. Só informações, informações... dados... você ouviu falar? dados... informação... mas dizer que sei de alguma coisa? Não. Que lástima! Mas tudo bem, admiro quem sabe. A Lãri com seus altos projetos de filmes imaginários - se não me engano está até numa comunidade, né, Lãri? Às vezes eu também me pego fazendo filmes imaginários, idéias que renderiam milhões e milhões nas mãos de bons produtores. É divertido imaginar aquela cena com aquele ator que você imaginou existindo só pro seu filme.
Enfim, uma grande ladainha de minha parte. Bom fim de semana pra quem está cansado.

revolta cult

Eu deveria estar dormindo porque quero acordar cedo para assistir filmes. Quando eu tinha 14 anos eu queria fazer cinema, hoje brinquei de ser atriz. Imaginaos como seria o filme cult blasé que fariamos, seria cheio de cenas interessantes e totalmente desnecessárias. Se ambientaria no R.U, quando eu chegasse na fila eu começaria a ouvir baixinho o barulho de talheres, quando entrasse e começasse a me servir, o barulho aumentaria (tipo dançando no escuro, na cena da fábrica e blá blá blá) e quando me sentasse para comer, o barulho ficaria totalmente ensurdecedor, as luzes se apagariam e eu daria um grito desesperado daqueles bem de filmes alternativos. A luz se acenderia e haveria uma cena de sexo, junto com o arroz, feijão e farofa. O filme não faria sentido nenhum, e seria bem cult daqueles que todos dizem entender sem ter entendido. Alguém faria uma critica, citando outros cineasta : "Porque segundo Godard..." e o blá blá blá de sempre, acho que hoje, após ter assistido um filme muito ruim, daqueles que tentam passar mensagens de que trabalhadoras/es são sempre exploradas/os e de que tudo é possível, até a/o menine, sapatão desde sempre, pode de repente se apaixonar pelo gatão do Cauã Raymond e perder o cabaço (não achei outro termo) com sei lá quantos anos e pela primeira vez se sentir uma menininha cuti-cuti mostrando uma poética cena cheia do sangue do hímem rompido. Poupem-me. Se alguém tem coragem de mostrar esse filme, eu também poderia fazer algo.

quinta-feira, maio 27

trè trè chic


não, esse cadarço não foi amarrado assim só por causa da foto.
Quem conhece o bravio uspiano que o faz todos os dias, sabe bem que não.

terça-feira, maio 25

Pintei minhas unhas de roxo. Agora quero desesperadamente tirar esse esmalte com os dentes e roer uma por uma. Por que tento me privar de algo que me dá tanto prazer?

Homenagem a todas as bonitas mulheres


Salão de beleza
Zeca Baleiro

Se ela se penteia
Eu não sei!
Se ela usa maquilagem
Eu não sei!
Se aquela mulher vaidosa
Eu não sei!
Eu não sei!
Eu não sei!...

Vem você me dizer
Que vai num salão de beleza
Fazer permanente
Massagem, rinsagem, reflexo
E outras "cositas más"...(2x)

Oh! Baby você não precisa
De um salão de beleza
Há menos beleza
Num salão de beleza
A sua beleza é bem maior
Do que qualquer beleza
De qualquer salão...

Mundo velho
E decadente mundo
Ainda não aprendeu
A admirar a beleza
A verdadeira beleza
A beleza que põe mesa
E que deita na cama
A beleza de quem come
A beleza de quem ama
A beleza do erro
Puro do engano
Da imperfeição...

Consegui! Agora tenho um diploma igualzinho até no tamanho.
Nossa, com dois diplomas de internet e abertura pra comentários, aí que o blog vai bombar, hein.
Notem que agora eu também tenho um diploma de internet que nem a Larissa!
... mas o meu ficou grande e desengonçado alguém me ajuda a deixar menor?
(essa última frase em vozinha emo seguida de um >< )

Lembrei o que vim falar ontem.




Eu costumava ler Cacaso, Paulo Leminski, Adélia Prado, Carpinejar...
E AGORA??? Planejamento estratégico, catalogação, como aplicar a CDD, organização sistema e métodos, afins. Céus!
Onde está meu vasto conhecimento literário que sabia quais livros pertenciam a qual fase de Machado de Assis, quem escreveu qual romance, onde começava um período e terminava outro, quem influenciava quem.

Céus!
Cadê?

Sempre com um livro de literatura, oh velhos tempos.
Larissa e eu no corredor comentando as últimas novidades do universo literário.
Ela só me mostrava safadeza. HAHAHAHA

Mas chega de saudosismo.
Foi um tempo bom onde eu era uma quase expert. Aqueles livros de 500p,
quase nunca um livro pop
e um olhar atrevido de duvido-você-ler-tanto-quanto-eu.
Agora são os mais finos. E quando dá tempo. Ê vida de gado!
Notei. Hoje sou mais atraída pelo visual.

segunda-feira, maio 24

Se tem um programa que sempre gostei era Castelo Rá Tim Bum. Hoje em dia observo as coisas idiotas sem nem me deixar afetar por isso, ainda tenho um carinho por aqueles programas dos velhos tempos... velhos tempos de mamadeira e edredom no tapete da sala. Devem ter sido ótimos, hoje só uma falsa lembrança. Hoje só o hoje.

Estou ansiosa pelo próximo feriado, se bem que semana retrasada foi praticamente um feriado porque eu me despenquei daqui de São Carlos pra São Paulo apenas para participar do super evento da Virada Cultural que no fim só vim um show que até valeu a pena mas que bosta aqueles meninos batendo cabeça em tempo de me deceparem um braço na grade. Lamentáveis.

Três dias sem aula e zero produtividade. Fico me perguntando o que eu quero da vida. Cadê meu desempenho exemplar? Cadê minha fome de aprender? Que preguiça é essa??? Céus! Me faz lembrar o tempo em que eu e o Ronaldo tínhamos conversas francas sobre a verdadeira diferença entre parecer estudioso e realmente sê-lo. No fim, me lembro, a gente ria porque não estudava bosta nenhuma. Que delícia era chegar a tal conclusão.

Minha vida online é pouca, agora. Sobrevivo mais com séries e the sims. São tão viciantes!
Eu entrei pra dizer outra coisa que eu esqueci. Quando lembrar eu venho.

sexta-feira, maio 21

Hoje eu tava assistindo castelo ra-tim-bum com a minha mãe, porque quando as pessoas ficam doentes elas precisam ficar sentadas e consequentemente, as outras pessoas (no caso, eu) também tem que ficar super entediadas. Isso não é uma queixa, somente uma constatação. E eu ainda me surpreendo com as minhas mudanças mensais, semanais ou diárias, eu tô tão chata que fico achando defeitos em tudo, inclusive no meu programa de televisão favorito da infância. Eu aprendi muitas coisas com ele, mas por outro lado, acho grandes falhas nos discursos das personagens. Às vezes penso que estou pirando ou tentando ser muito politicamente correta , o que talvez me torne uma pessoa extremamente pedante. Eu lembro que eu adorava fazer piadas e rir de quase tudo nessa vida. Sei exatamente quando isso mudou, e acho que sinto alguma foto, pois se a cada dia eu eliminar uma coisa que eu gostava/achava graça, onde irei parar? É, querides, a reflexão vai longe.

sexta-feira, maio 7

Tô eliminada.

Hoje caguei no velório municipal, de novo. A água acabou no prédio e pensei que já que eram 3:00 da manhã e eu estava lá sem fazer nada passando em frente, seria uma boa cagar lá e não em casa. Enfim, nessas minahs idas ao velório, tive tempo para pensar que todo mundo vai morrer, é triste pensar isso na hora de eliminar os excessos que não fazem o requisito no seu corpo. Todas as pessoas vão ser eliminadas por não fazerem os requisitos, e é tão triste. Por mais que essa vida seja banal, não queria ser eliminada pela última vez. Como será? Gosto de pensar que a morte vai vir me buscar com a ceifa e tudo mais, vou convida-la para entrar e ela vai ter que ficar afirmando trocentas vezes que é a morte, que nem no Monty Python :




Enfim, pensar nisso me assusta, e me desculpem se esse post ficou sem sentido (comecei com cagar e terminei com morte), mas tudo faz parte do jogo.

Por fim,
Tô eliminada.

segunda-feira, abril 26

misto quente

Eu terminei de ler um livro, finalmente. Eu fiquei na dúvida se postaria nesse ou no outro blog, o "pessoal", porque rolou uma identificação e blá blá blá, por algum motivo que ainda não descobri, posto aqui. Eu lembro que quando li "O apanhador no campo de centeio" achei uma porcaria, eu, cheia de pretensões , gostava de afirmar que até eu poderia escrever algo daquele tipo, estar em crise é muito fácil e fugir tendo algum dinheiro também, então nunca vi motivo para dizerem que esse livro é tão importante, talvez as pessoas que o leram estejam numa crise maior ainda. Mas, lendo "Misto quente" foi diferente, porque aí sim havia alguns bons motivos para uma crise (eterna, talvez), não que precise de muito motivo. Não consigo dizer o que quero, mas a todo momento a leitura me levava a pensar que as coisas são muito banais, todas elas. Eu já não sei mais quem são os "losers" , eu acho que o personagem era visto como um, mas as pessoas que ele descreve com tanto desdém e ódio me parecem bem mais derrotadas. Eu acho que fico no meio do caminho, devo ser uma semi loser, fico parada e não chego à nenhum lugar. Não vou para "baixo" e nem para "cima". O engraçado é que li as últimas páginas na aula mais chata e mais inútil de todas, o que me dá vontade de perguntar bem alto o porque disso tudo.

domingo, abril 25

O que é um pum para quem tá cagada?

Sem dinheiro, sem conseguir estudar, sem vontade e sem chão. Acabei de assistir um filme "se mate depois de assistir porque a SUA vida e a do RESTO DO MUNDO é uma merda e será sempre assim" e quando volto para casa, descubro que a minha caixinha de som está captando frequência de uma rádio gospel. Antes esse fosse o menos dos meus problemas.

BOM DOMINGO!

ps: quando entrei no msn de manhã, minha mãe me fala que leu uma noticia de que alguns estudantes universitários, cheios de boas intenções resolveram fazer mais um bem pela humanidade ao darem convites vips (que luxo) para uma festa em quem atacasse "fezes" em um "viadinho". Super bacaninha, se morasse lá, estaria doida para ter o meu convite. De novo, um bom domingo.

sexta-feira, abril 16

para quem tem medo da morte (alheia e própria)



é isso aí, vamos olhar para o lado brilhante da morte também, porque realmente, ultimamente tenho achado que a vida é um pedaço de merda.
(esse não é um post suicida)

terça-feira, abril 13

Justificando

Ultimamente, para mim, parece que nada mais acontece no mundo. Tudo parou por algum tempo, quando eu voltar ao "normal" ou sofrer de alguma mudança, eu volto. Isso pode demorar tanto como 1 hora quanto 1 ano.

domingo, abril 11

Domingorango


Tava revendo Amèlie e dei um print.
É uma nota para lembrar de fazer que nem ela.

Tenham um bom domingo.

segunda-feira, abril 5

ieieiiehoho

Ser inútil é muito bom.
Ócio é muito bom.
Prolongar o feriado por mais um dia é ótemo.
Encher o pneu da bicicleta e andar por aí é fantástico.
Esperar para comer um strogonoff que não foi feito por mim é tão legal. (ainda tô esperando, mas vai valer a pena)
Comprar tempeiros é algo que faz parecer que seu dinheiro é gasto de maneira útil à todas as pessoas que convivem com você.

Atividade para nota amanhã definitivamente NÃO é legal.

Fazendo um balanço, parece que as coisas boas andam superando as ruins. Todo mundo ja deve ter visto, mas aí vai algo bem legal:


Pelo que eu sei (google), esse cara cantou essa música por estar feliz em voltar para casa, olha que coisa linda. Tomara que todas as pessoas voltem para Marília assim e não mau-humoradas.

domingo, abril 4

hahahaahah ta na onde peixinhos?

onda de?

eh!
era algo parecido com isso q o cerebro pensou mas mao nao curtiu
a mão*

hahahhahhaha
uma mão lava outra lava uma

MÂO
MÃO

LAVA UMA

Agua uma
MÃO

MÃO
LAVA OUTRAAA LAVA UMAAA

segunda, terça, quarta, quinta e sexta feiraaaaa

(...) bacia, mangueira...

sabe q eu nunca entendi mto bem o q ele fala nessa musica?

bem vindo ao clube, baby!
soco
soco
bate
bate
soco
soco
vira
vira

soco
bate
soco
vira
soco
bate
vira

soco - soco - bate - bate - soco - soco - soco - vira - vira - soco - bate - soco - vira - soco - bate - vira

SOCO SOCO
BATE BATE
SOCO SOCO
VIRA VIRA
SOCO BATE
SOCO VIRA
SOCO BATE
VIRA

mas que peixinho excêntrico

Pra quem reclamava de falta de imagens no blog:

Mentira, ninguém nunca reclamou de falta de imagens no blog.

balanço de páscoa

Eu adoro ovo de páscoa, tanto que já nem desejo feliz páscoa mas feliz ovo de páscoa por aí. Notei o tanto de Larissa que tem nesse blog, ser Larissa é mais do que sê-la, é adquirir uma maneira de ser, acho chic. Mais do que chic, creio que há coisas fluindo por aqui, um certo clima de combate, acho produtivo apesar de não concordar com algumas coisas, assim como qualquer cristão que tem total direito de ir e vir por uma rua molhada em dia de chuva, simples assim ué. Pior que eu queria ter uma criatividade excêntrica, expor idéias, fazer o mundo se curvar diante da subversão positiva que sei lá deveria ter por a(qu)i. Num balanço de páscoa diria que fiz coisas inúteis como ficar jogando e comer chocolate, enquanto deveria adiantar o que devia ter adiantado - sou tão preguiçosa, as coisas rendem e não (não) sei explicar...

o n. é um ser vivo
que nasce
e sofre mutações
e se alimenta
de todas as coisas boas e ruins
e é atingido por cada mudança
ele não morre, ele sofre mutação
o n. digivolve

temos inveja do nosso próprio meta-n.

500 dias com ela

Eu vi um filme bem ruinzinho. O pior que tenho certeza que se eu visse há um ano e meio atrás, eu iria gostar. Eu vi por causa do trecho de uma musica do Belle & Sebastian que é citada, e porque disseram que tinha Smiths na trilha sonora, logo no começo, tocou uma que eu adoro da Regina Spektor, eu pensei que adoraria o filme, mas esse tipo de filme "comedia romântica alternativa com trilha sonora legal sou cult" já não faz nem cosquinha nas minhas emoções, e isso me assusta. O filme traz uma ridicula mensagem de superação, do tipo "ela pode quase te levar ao suicidio, mas você deve ser forte e se regenerar, porque a cada esquina tem uma outra pessoa louca para te conhecer". Ótimo, então devemos nos abobalhar? A mulher, linda e que tem o poder de fazer um album vender mais, o preço de um apartamento valorizar e todos os homens do onibus olharem para a bunda ela (QUE LEGAL, ATÉ MERECE TROFÉU!) , com uma voz e jeito de falar extremamente irritantes faz o tipo excêntrica(para variar) e ele é o trouxa(també excêntrico) que se apaixona a primeira vista - nem vou entrar nessa questão. Aí não sei se dá para ficar com mais raiva dela, dele, dos dois juntos ou do amigo babaca que diz que ela é um "cara" ou lésbica porque não quer um relacionamento sério. E eu tenho certeza que é chato e clichê e não eu que tenho um coração de pedra.

quarta-feira, março 31

Esse não e um post de doutrinação.

Eu estava com uma grande preocupação na cabeça : como lavar tantas roupas em tão pouco tempo? Enquanto as deixava de molho, fui fuçar coisas na internet, eis que abre aquela porcaria de "msn hoje", com uma manchete bem grande sobre o vencedor do BBB. Eu nem sabia que essa joça havia terminado, porque ontem enquanto comia um lanche eu vi que ainda tava passando, enfim.
Aí disse para mim mesma : "O programa já é uma merda, mas tinha que ser o cara babaca que diz que bateria em mulher que sai dessa porcaria montado na grana e vira idolo para um monte de gente?". Logo depois, também por um acaso na internet descobri que existe um bando de babacas que realmente são "inspirados" pelo babaca mór vencedor do BBB, até o chamam de "mestre". Ai na comunidade criada para ele, há tópicos com discussões absurdas, preconceituosas e racistas. Ok, eu já tava achando tudo muito ruim, quando vejo um cara marcando um "grande ato de purificação" - nesse ato, o objetivo é "espancar até a morte todos os viados que forem encontrados". Perfeito, né?

Aí, eu vivo cercada por um bando de pseudo-intelectuais que dizem que não dão a minima para BBB ou qualquer outra coisa que passa na tv, qualquer coisa que seja de "massa". Como assim? Para mim tudo isso é um reflexo bem claro do que muitas pessoas pensam, de como ainda estamos longe de acabar com várias coisas ruins, enfim. Minha roupa suja passou a ser um problema tão ridiculo depois que vi fotos de pessoas espancadas - travestis espancadas, quando vi tópicos dizendo que "preto só faz merda", quando vi ameças e de morte e etc. E aí, ha sei la quanto tempo atras, nesse mesmo bbb, eu vejo pessoas que eu conheço e algumas que não conheço, mas que leio seus respectivos blogs "lgbt anti preconceito e homofobia" criticando a participante homossexual do programa pq ela não depila o "bigode". Façam-me o favor, em que mundo pacifico essas pessoas querem viver?

terça-feira, março 30

Cotidiano

Depois de almoçar um queijo quente e suco de amora (delícia), topei meu dedo em algum lugar (?) e a pele dele saiu lentamente, causando um sangramento infinito que dura até agora, mesmo com o meu curativo feito com papel de secar a mão. Eu preciso urgentemente estudar ou algo muito grave que eu ainda não tenho noção, pode acontecer até o fim do semestre. Mas ainda não sei se existe algo "menos pior" do que pegar uma DP, enfim, enquanto eu digo isso, todo mundo pensa que eu não deveria me preocupar com isso, e sim estudar para estar com a consciência limpa de não estar aqui apenas "ocupando vaga". Acontece que eu não gosto de estudar, mas aprendo de outras maneiras, não tô simplesmente parasitando. Enfim, ficar olhando para o céu me parece ser bem mais proveitoso.

segunda-feira, março 29

Pré-páscoa

Dessa vez, sem chocolates.

Ano passado, eu cheguei aqui logo depois da páscoa, nesse ano, não chegarei em lugar nenhum nesse feriado.

sexta-feira, março 26

Às vezes esqueço o quanto esse blog significa pra mim e pra Lãri. Tão de TPM e pensando em coisas tão mesquinhas, e Lãri pensando na igualdade, em valores e respeito. Que espaço digno, não? Por isso os blogs não podem sair de moda. Deixo aqui meu post de admiração pela Lãri, o quanto gostaria de ouvir suas idéias e falar sobre as coisas, o quanto teria ter convivido mais com ela. Mas nada está perdido, afinal, somos de Itanhaém e em Itanhaém não falta lugar para sentar em uma pedra com um côco e canudo. Ou qualquer coisa do tipo, como tubaína e salgadinho. Deu saudade.
Eu adoro páscoa, sabiam? Mas por motivos puramente egoístas: chocolate. Porque parece que ovo de chocolate é muito mais gostoso do que chocolate puro. Enfim, uma páscoa doce para todos.

quarta-feira, março 24

saindo do ovo.

Segunda-feira eu me enfiei num onibus e vim parar em São Paulo, como a viagem é enorme, tive tempo de pensar em muitas coisas, muitas mesmo. Não sei se as poucas pessoas que ainda visitam esse blog vão ter saco de ler, não sei nem se eu teria, na verdade, não sei se esse é o lugar certo para dizer o que quero, mas se eu não me sentir "segura" para escrever o que me der na telha no meu próprio blog, onde mais eu poderia me sentir? Talvez seja aí que eu queira chegar, sobre poder dizer o que quero sem amarras, e ultimamente isso tem me deixado bastante pensativa, porque, leitoras e leitores, o mundo não é tão legal assim e as pessoas não são tão tolerantes. Eu não quero muitas coisas, mas talvez, as coisas que quero sejam vistas como utopia, assim sendo, eu não seria nada mais do que uma sonhadora, e sinceramente, às vezes percebo que estou com as mãos atadas e isso me desespera. O que eu quero é que as pessoas possam amar quem elas quiserem, quero poder usar um vestido sem que as pessoas achem isso extraordinário da minha parte por "não abandonar a minha feminilidade", quero poder usar uma bermuda de tactel (aquelas chamadas de masculinas) quando me der vontade, quero que as pessoas tenham os cabelos do jeito que elas querem sem que sejam condenadas devido à esteriótipos , quero que parem de taxar de chatas quem eu insiste em corrgir quem usa o termo "homossexualismo". Não quero beijo homossexual em novela das 8 e nem uma parada uma vez por ano para lembrar que tantas pessoas existem, e justamente nesse dia, algumas dessas pessoas são espancadas. Justamente, quero que as pessoas possam andar na rua de mãos dadas sem que haja um grande perigo e que adolescentes parem de se suicidar, também quero que para quem ainda consegue ter uma religião, possa continuar com suas crenças, porque eu realmente admiro quem consegue acreditar em algo (porque eu não) e provar que as mesmas palavras que usam para condenar, interpretadas de outra maneira, incentivam o amor (clichê, eu sei, mas tem dois filmes que todo mundo deveria ver: "Jihad do amor" e "For the biblle tells me so"). Também quero que não haja pena de morte para homossexuais e nem para qualquer ser humano , quero que jovens não precisem fugir de casa e principalmente, que desassociem a homossexualidade de determinados comportamentos.

Ser homossexual não determina quem a pessoa é. Meu nome é Larissa, tenho 18 anos, sempre morei em Itanhaém mas agora moro e estudo em Marília. Gosto de cinema e literatura, até pensei em estudar essas duas coisas, mas optei por Ciências Sociais. Minha comida preferida é macarronada, adoro uma coca-cola no calor, podem me chamar de brega, mas já assisti "O fabuloso destino de Amélie Poulain" mais de 15 vezes, minha cor preferida é verde e gosto de meninas. Isso é só um aspecto.

quinta-feira, março 18

domingo, março 7

Sobre o jogo de futebol

Mac x Noroeste.

Eu realmente queria entender o sentido de tudo isso, antes do jogo todos veneram o time, como se fossem verdadeiros gladiadores. No final, vaias. Se esses torcedores amam tanto o time, não deveriam se apoiar em um momento de "derrota"?
Eu realmente não entendo, mas de qualquer forma, foi totalmente válido ter ido.

quinta-feira, fevereiro 25

compartilho

compartilho
espartilho
compartilho

da opinião da lãri
sempre andei de bicicleta
desde que ganhei aquela vermelha da caloi, meu pai tirando as rodinhas e me deixando ir sozinha, e eu caindo com tudo - blaft - e cortando a boca toda "vai ter que ir pro hospital levar ponto" minha falava só pra me assustar
agora eu não ando tanto
mas a falta de respeito é gigante!
e o que reparei?
que é porque não estamos com um capacete, luvas, óculos, bundão empinado numa bicicleta pra ciclismo! MAS NÃO ESTAMOS FAZENDO CICLISMO! É o povo no dia-a-dia saindo pra comprar alguma coisa no mercado - e deixando a bicicleta presa com cadeado, aquele que custou dez reais "não impede de roubar mas dificulta..." - e não pra treinar pra competição! É irreal querer que as pessoas saiam na rua com tanta proteção, só pelo lazer - compromete até o look, convenhamos - e parece idiota, mas não é. Será necessário tanto cacareco para que um motorista olhe pra alguém de bicicleta não como um pobre imbecil, e o respeite mesmo que ele não esteja de capacete e lanterninha e seja de fato um pobre imbecil?
Não quero entrar no mérito do quanto e quando protegem.
O fato é que andar de bicicleta já diminui a pessoa em comparação com as demais. O que elas não sabem é que eu posso muito bem estar andando de bicicleta, salvando o meio ambiente, com minha mercedes na garagem. O que indicaria falta de dinheiro pra gasolina. É, mau sinal...

segunda-feira, fevereiro 22

He's a lumberjack and He's ok



Nada como esse video para exemplificar a quantidade de "hipócritas-homofóbicos-enrustidos-conservadores com famílias felizes" que eu conheço!

Também tem a versão em alemão:


HEHE
Outra coisa que me deixa bem brava :

Jogar lixo na praia.

domingo, fevereiro 21

Poucas coisas me deixam MUITO indignada, antes qualquer coisa me deixava, mas aí me disseram para eu ser mais tolerante e blá blá blá, e até que eu consegui, com o tempo, perder a capacidade de me indignar, e confesso que estava sentindo falta.
Enfim, o que me deixou muito nervosa foi a falta de respeito com as pessoas que andam de bicicleta. Eu sempre andei de bicicleta, e posso dizer com toda a certeza, que eu sei o que devo ou não fazer. Falo de uma cidade pequena, sem um transito caótico, fora de temporada, a vida aqui fica bem mais fácil, inclusive andar de bicicleta, mas mesmo assim ainda há falta de respeito, mas durante a temporada, é uma desgraça, parece que os turistas estão tão acostumados com a suas vidinhas "trânsito caótico e concreto pra todo lado" que não sabem o que fazer diante de ciclistas.

é uma vergonha.

sábado, fevereiro 20

semana off

São Paulo!
Terra da garoa.
Foi ótimo pra desestressar.
Todos vocês desestressem em algum lugar fora do comum.

quarta-feira, fevereiro 10

coisas para se fazer antes dos 30

bem tolas, por sinal
depois vou elaborar uma lista com o que realmente deve ser feito antes dos 30

beber uma garrafa de tequila
(não bebo. pode ser de fanta uva?)
transar com um dos seus melhores amigos
(amigos amigos negócios à parte)
encontrar com alguem da net
(ok)
fazer uma tatoo
(vale de henna? ok)
subir em um palco e dançar loucamente
(vale em cima da cadeira? ok)
fugir de casa
(vale aos dois anos de idade? ok 2x)
pular de bumg jump
(vale pular do trampolim da piscina? ok)
matar aula pra ir no buteco
(vale matar aula pra estudar pro vestibular? ok)
passear sem calcinha (cueca)
(vale ser do banheiro pro quarto? ok)
agarrar seu amor platonico
(vale ser agarrar pelo braço pra devolver alguma coisa? ok)
fingir ser estrangeiro e falar um idioma que nao existe
(vale falar errado em espanhol? ok)
ficar com alguem 10 anos mais velho que vc
(hum nada mal... digo, nada disso!)
sair de casa na sexta a noite e voltar na segunda de manha
(já fiz isso quando fui de São Carlos pra Ita e voltei pra São Carlos. ok)
dormir com a roupa que saiu dps de um porre
(eca)
ir a praia de nudismo
(só aos 80 anos)
ficar com seu professor
(depende qual - se for o particular de inglês... hahaha)
roubar o namorado de alguem
(eu não, não quero troco)
ir pra escola bebada
(não bebo)
se apaixonar a 1ª vista
(hum)
usar a melhor roupa pra ir ao mercado
(quando se está acompanhado, vale? ok)
sair com o melhor amigo do seu ex
(?)
pintar o cabelo de uma cor absurda
(tipo vermelho cor de toldo de bazar de 1 real?)
chorar vendo um desenho
(mas a gente geralmente não ri vendo desenho?)
ir parar na delegacia
(pra pedir informação? ok)
beber ate ter amnesia alcoolica
(não bebo)
aprender a tocar algum instrumento
(hehehe)
ter um diário secreto
(blog, vale?)
beijar um passante
(depende do passante. namorado, vale? ok)
ir numa formatura de short e chinelo
(mico)
assaltar uma loja
(aff)
pegar carona com desconhecido
(coragem, hein)
ir pra balada de onibus
(eu, hein que derrota)
dormir na rua
(cadê a emoção?)

by comunidade orkut

terça-feira, fevereiro 9

Larissa está fofa na foto!

Pois é.
Todo mundo falando de blog na globo. Ninguém mais quer saber de blog?
Blog é uma coisa útil? O nosso blog é útil? Somos úteis?
O twitter está substituindo o blog? Mas micro não é uma coisa menor?
Eu acredito que o microblog deve trabalhar aliado ao blog, mais apresentando o que se passa no blog.
Enfim, não interessa.

O que interessa é que sabe aquele comercial do doblô "sabe-o-que-eu-tava-pensando?" na hora que ele fala "sabe-o-que-EU-tava-fazendo?" aparece uma loira radiante do lado dele e uma galera.
TOSCO, NÃO?

sexta-feira, janeiro 29

sexta-feira, janeiro 22

Kesha
ouvi falar tanto dessa menina, aí baixei uma música
sacode o esqueleto, hein! por isso virou modinha, claro
gosto de músicas que sacodem o esqueleto
não que eu dance ou seja um, mas enfim
bom, bye
Ouvindo Amy Winehouse.
Gosto dela, sabe? Umas músicas sexy.
Sexy tem plural? Sou tão ruim no inglês!
Sonhei que Larissa e eu éramos aprisionadas em uma cabana, sabe - e a gente matava umas pessoas!
Muito sinistro.
Minha mãe disse que esse espírito assassina é por causa dos joguinhos de tiro que eu jogo.
Hehe talvez
E aí a gente fugia. QUE EMOÇÃO!
Bom, jogarei Crazy Taxi pra tirar essa ânsia por sangue.
Lãri Lãri está rumo à Ita, já já
Agora to ouvindo uma música famosinha por causa de Twilight.
Bom, dane-se.
Boa noite, ninguém!

segunda-feira, janeiro 4

Todo mundo de férias e eu indo estudar. Continuo sem gás em casa, sem grana, calor e muitas coisas para fazer. Agora vai chover, e o meu guarda chuva ficou em Marília...

quanto pessimismo.

domingo, janeiro 3

tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu

pra porra, que não parti nem morri, estamos aí!
acordadas volta com tudo, exuberante, nesse novo ano que se inicia!
que coisa linda, pode apostar
bom, quem se importa?
lãri e eu nos importamos!
nosso filho abandonado há um mês!
lamentável, sim senhor
isso parece samba
post de hoje estilo "o poderoso chefão" queria uma metralhadora pra acabar com tudo
oh!

mas na falta de uma...











beijosnãomeliga, trouxa! haha